Piloto australiano de 15 anos tem ótima estreia na KZ2.
29/03/2021 14:08 em KARTISMO

Como esperava, James Wharton participou na sua primeira corrida na categoria KZ2, que utiliza motores com caixa de velocidades de 125cc, no exigente circuito de Sarno, perto de Nápoles, na Itália.

O australiano deu seus primeiros passos entre os competidores mais experientes do cenário internacional. O então piloto da Ferrari Driver Academy conquistou 10 lugares na final e subiu para o 15º lugar no evento da WSK Super Master Series.

Com Charles Leclerc e Max Verstappen que passaram pela  aprendizagem no desporto motorizado numa categoria de caixa de velocidades na sua última temporada de karting em 2013, James Wharton também decidiu seguir este caminho, em acordo com a All Road Management e a equipe Parolin Motorsport. "Foi a decisão certa a tomar", confirma o jovem australiano. “Estou muito entusiasmado e motivado com este novo desafio. Uma semana antes da WSK Super Master Series, tive a oportunidade de participar no Troféu Grifone. Isto permitiu-me aprender mais sobre o meu novo kart e descobrir a pista de Sarno que era redesenhada neste inverno. Desde o início consegui conquistar a pole position à frente de pilotos muito mais experientes do que eu nesta categoria. Na pré-final, a minha largada foi difícil, caí para a 5ª posição, mas mesmo assim consegui chegar em 3º na Final. "

Muitos pontos positivos para lembrar ...

Com 52 pilotos, o evento WSK Super Master Series foi obviamente mais difícil. “O encontro reuniu tanto os pilotos que vão disputar o Campeonato da Europa KZ esta temporada e os meus futuros adversários do Campeonato da Europa KZ2. O objetivo era medir-me contra eles e, neste contexto, o resultado é extremamente positivo, porque estive regularmente entre os 10 primeiros. Fiz uma boa corrida nas três Eliminatórias. Apenas a Pré-final não correspondeu às minhas expectativas. Perdi alguns lugares preciosos, que rapidamente recuperei na Final. "

Partindo da 25ª posição, James Wharton conseguiu ganhar 10 lugares graças a uma forte determinação, melhorando constantemente as performances e magníficas ultrapassagens. Com este primeiro top 15, o australiano marcou os primeiros pontos na KZ2 na WSK Super Master.

 

Jornalista responsável: Alex Cronhal

Imagem: KSP Photo Agency

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!