Voltar Página Inicial

F1 2018 - França, Áustria e Alemanha, seguidinhas...
01/07/2018 - 0h26 em Fórmula

 

Maratona de F1! Gostamos!

 

No último final de semana, a Fórmula 1 iniciou uma inédita sequência de três corridas: França, Áustria e Alemanha. Pode ser ruim para pilotos, mecânicos e responsáveis de logística. Mas para os fãs... que alegria!

Na primeira fase desta trinca, Lewis Hamilton foi implacável e tratou de dominar o GP da França, que retornou ao campeonato após uma ausência de 10 anos. Retorno duplo aliás, já que a prova foi sediada em Paul Ricard, que recebeu a Fórmula 1 pela última vez em 1990...

O inglês aproveitou a boa adaptação da sua Mercedes ao traçado, ajudado pela nova versão da PU que deveria ter sido usada no Canadá e a versão mais “magra” dos pneus Pirelli, e fez uma corrida tranquila de ponta à ponta.

A corrida foi decidida no treino de sábado, quando Hamilton fez um “temporal” (sem trocadilho) e conseguiu fazer a pole. Bottas assegurou a segunda colocação, fechando a primeira fila para a Mercedes. A única chance de Vettel seria pelo menos conseguir ficar à frente do finlandês.

O problema é que as Mercedes têm um arranque melhor e pularam na frente. Vettel ficou encaixotado pela ação e fez um “ataque” kamikaze ao #77. Resultado: bico quebrado para o alemão e pneu furado para Bottas. Junte-se a isso um encontrão entre Ocon e Gasly e então ... safety car!

Mesmo assim, não foi agitado. A corrida se desenrolou sem grandes disputas e com a possibilidade de chuva. Isso estragou de certa forma a ótima prova de Charles Leclerc, que ficou mais tempo na pista com pneus desgastados e perdeu várias posições, após ter conseguido ficar em 6º (aliás, um parêntese aqui para Leclerc: com uma Sauber que não é um dos melhores carros do grid, o monegasguinho tem conseguido fazer grandes exibições e vem se cacifando para ocupar o segundo posto da Ferrari para 2019. E deixa cada vez mais Ericsson para longe...).

Se ressalte a escalada de Vettel até o quinto lugar e a boa corrida de Raikkonen, que conseguiu um ótimo terceiro lugar, após ultrapassar Daniel Riccardo nas últimas voltas. Fora isso, não houve muita coisa, mesmo com a inclusão de mais uma zona de abertura do DRS.

Louis Hamilton, com a vitória, recuperou a liderança do campeonato de pilotos e abriu 14 pontos de diferença para Sebastian Vettel. Agora, a próxima etapa será na Áustria, na pista da Red Bull.

Em outros tempos, o circuito rivalizava para ser um dos mais rápidos do campeonato. Com as reformas feitas nos últimos anos, perdeu um pouco da velocidade, mas manteve algum caráter que exige uma boa eficiência aerodinâmica com um motor empurrando direitinho. Aparentemente, uma equação em que as Mercedes se enquadram. Mas a Ferrari vem com novidades e a Renault promete uma nova MGU-K, mais leve e com mais capacidade de potência.

Vamos ver se a corrida nos anima, fazendo jus à ótima disputa de pontos e aos boatos que estão pegando fogo do lado de fora!

 

Por Sérgio Milani, especial para a Rádio Giga

Imagem: Divulgação / Mercedes AMG Petronas Motorsport

 

 

Rádio Giga – A Conexão Certa – Motorsport’s Lifestyle – 24h No Ar – Desde 2005

COMENTÁRIOS
Parceiros Giga