Voltar Página Inicial

F1 2018 - 6ª Etapa, GP de Mônaco: O Sorriso Dominador de Ricciardo
01/06/2018 - 23h26 em Fórmula

O Sorriso Dominador de Ricciardo em Mônaco

 

 

 

Uma injustiça de 2 anos foi em parte corrigida este final de semana. Após a Red Bull ter errado na troca de pneus em 2016 e tê-lo feito perder a corrida, Daniel Riccardo foi simplesmente dominador no fim de semana em Mônaco. O australiano foi o melhor em todos os treinos e completou em primeiro lugar as 78 voltas do Grande Prêmio do domingo 27 de maio.

 

Diante de tamanha superioridade e da natureza um tanto quanto “travada” do traçado, a esperança de que houvesse algo de diferente na corrida seriam se Riccardo fizesse uma péssima largada ou algum fator complicador aparecesse (um safety car, chuva).

 

Quanto ao primeiro caso, o australiano não tomou conhecimento e chegou à Saint Devote a frente do pelotão. Sobre o segundo aspecto, alguns pingos apareceram antes da largada, mas não se criaram.

Safety Car?

Até apareceu no final da corrida, após o aparatoso acidente de Charles Leclerc, na saída do túnel ao acertar em cheio Brandon Hartley ao perder os freios, mas como tratou-se do afamado “virtual” (onde todos devem somente reduzir a velocidade) não impactou em nada.

 

Embora tenha parecido simples, Ricciado sofreu boa parte com um problema no sistema hibrido de sua unidade de potência Renault, o que permitiu a Sebastian Vettel aproximar-se várias vezes. Mas como Mônaco é um lugar a parte no calendário, o alemão não esteve em real situação de ganhar a posição (lembrem-se de Senna e Mansell em 92). Se a vitória não veio, pelo menos serviu para diminuir um pouco a diferença em relação a Lewis Hamilton.

 

Em uma pista que não era favorável às Mercedes, o inglês veio para uma corrida de “administração de danos”. Reclamando horrores dos pneus, Hamilton conseguiu um terceiro lugar e andou bastante tempo junto à Vettel, ainda que também sem oferecer um real perigo. Curioso também é que Bottas, embora tenha ficado preso atrás de Raikkonen, aparentemente se mostrou um melhor gestor de pneus, confirmando a impressão de que, embora um pouco mais atrás no campeonato, mostra-se mais à vontade no cockpit do W09 do que o seu companheiro tetracampeão.

 

 

Outros pontos relevantes da prova

 

- Positivos: a boa chegada de Esteban Ocon e Pierre Gasly em sexto e sétimo lugar, respectivamente. Max Verstappen, após “pagar” pela batida no treino livre de sábado largando em último, fez uma boa recuperação, correta mesmo, marcando mais dois valiosos pontos.

- Negativo: a “Idosa” Williams(...), por uma desatenção, botou a perder o trabalho do russo Sergey Sirotkin ao classificar o mal-nascido FW41 em 13º lugar no grid.

 

 

Riccardo conquista a sua segunda vitória no campeonato e se cacifa para tentar voos mais altos.

 

 

Aparentemente se confirma a visão de que a Red Bull tem um bom carro, mas seu Tag Heuer /Renault ainda não se equipara às Mercedes ou Ferraris. A esperança dos times que utilizam propulsores franceses é que a tão esperada atualização (prevista desde o início do ano), enfim chegue e para ser usada já a partir do próximo GP no Canadá.

 

 

 

Falando em Canadá, o palco do próximo confronto será o circuito Gilles Villeneuve, onde normalmente temos boas disputas. Torçamos para que Mônaco tenha sido um ponto fora da curva desta temporada 2018, que vem se saindo bem melhor do que a encomenda...

 

Até lá!

 

 

Por Sérgio Milani, especial para a Rádio Giga

Imagens: Divulgação / Red Bull

 

 

Rádio Giga – A Conexão Certa – Motorsport’s Lifestyle – 24h No Ar – Desde 2005

COMENTÁRIOS
Parceiros Giga